Nos últimos 4 anos a política externa do Brasil tem se alinhado à posições anti direitos humanos seja no campo do meio ambiente seja no dos direitos das mulheres. O atual governo integra uma iniciativa de países ultra conservadores onde as mulheres e meninas são cidadãs de segunda categoria como Arábia Saudita, Bahrein Egito e cujo principal objetivo é se posicionar contra os direitos sexuais e reprodutivos.
Mais de 100 organizações brasileiras entre as quais a CEPIA, encaminharam Carta ao novo governo solicitando que o Brasil se retire desta aliança cuja atuação fere direitos adquiridos das brasileiras e brasileiros.

Acesse a íntegra da Carta neste link