No dia 3 de setembro foi lançado o video Mais armas mais feminicídio que tem por objetivo alertar à sociedade para o risco do aumento de mortes de mulheres com o aumento do numero de armas de fogo nos lares. O video, idealizado pelo Grupo feminista 4D, 4 Décadas de feminismo, contou com apoio pro bono dos atores e atrizes e da equipe de criação da empresa de publicidade R&Y e apoio e participação direta da CEPIA em todas as etapas de produção.

O evento de lançamento, que ocorreu no Consulado da França foi aberto pelo Consul Jean-Paul Guihaumé.

A mesa de abertura contou com a participação de  Rommann Datus, Diretor do Instituto Francês do Brasil, Daniel Cerqueira,  Pesquisador do Ipea e Coordenador do Atlas da Violência,  Antonia Pellegrino, escritora e roteirista e Jacqueline Pitanguy, representando a CEPIA e integrante do Grupo 4D. A moderação foi da jornalista Helena Celestino, também integrante do Grupo 4D.   Os/As participantes, cada um a partir de suas áreas de conhecimento e atuação, reforçaram a causalidade existente entre aumento das armas de fogo e aumento da violência, mas também ao fato de que, muitas mulheres conseguem sobreviver, quando a violência doméstica não envolve armas de fogo. Alertaram ainda para o  numero crescente de casos de feminicídio no Brasil, que, só no 1 semestre de 2019, aumentou 40%, quando comparado ao numero de registros do ano anterior.

Em breve o video estará disponível nas redes sociais.

Outras notícias