O Comitê de Especialistas – CEVI do Mecanismo de Acompanhamento da Convenção de Belém do Pará (MESECVI) realizou sua XX Reunião nos dias 28 e 29 de novembro, na sede da Organização dos Estados Americanos (OEA), em Washington DC.

Nesta Reunião duas novas Recomendações Gerais foram apresentadas: a Recomendação Geral sobre mulheres afrodescendentes, que aborda a violência específica que as afeta, como resultado da interconexão de fatores como discriminação estrutural, racismo, estereótipos étnico-raciais e de gênero e, a Recomendação Geral sobre o uso de estereótipos de gênero que comprometem a integridade dos sistemas de justiça, com o objetivo de garantir que as mulheres vítimas e sobreviventes de violência possam ter acesso a uma justiça eficaz em igualdade de condições. O CEVI reafirmou seu compromisso de desenvolver uma Lei Modelo para prevenir, punir e erradicar a violência contra a mulher facilitada pela tecnologia, para orientar os Estados Membros da OEA a adaptar marcos regulatórios e ter políticas públicas que ofereçam maior proteção às mulheres. Nesta XX Reunião também foram foram discutidos os relatórios nacionais do Brasil, Chile, Colômbia, Equador, El Salvador, Guatemala, Paraguai e Uruguai com o objetivo de emitir recomendações específicas aos Estados para que continuem avançando na erradicação da violência contra as mulheres. Leila Linhares Barsted, membro do CEVI participou online nesta Reunião.