Integrantes de Fós  Feminista da Argentina,  Colombia e do México apresentaram, em reunião em 17 de maio, o contexto político de seus países e os limites e oportunidades relativos aos avanços na agenda dos direitos sexuais e reprodutivos.  Foram analisadas  conquistas  e desafios  desde a vitoriosa Maré Verde Argentina a desafios na implementação de serviços  nas suas  províncias, aos  avanços e desafios no México em que os estados ou províncias têm autonomia em decisões relativas a leis e políticas de saúde reprodutiva e abortamento,  e na Colômbia que teve avanços significativos a partir da Corte Suprema, mas ainda enfrenta entraves na implementação de serviços. Jacqueline Pitanguy representando a CEPIA participou deste webinário.