O Fórum Permanente de Violência Doméstica, Familiar e de Gênero e o Fórum Permanente de Saúde Pública e Acesso à Justiça, ambos da Escola da Magistratura do Estado do Rio de Janeiro (EMERJ), promoveram, no dia 29 de março, o debate sobre A violência psicológica contra a mulher, sob a forma híbrida, quando foram destacados os dados da pesquisa Visível e Invisível​: A Vitimização de Mulheres no Brasil – 4ª Edição, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostrando que 21,5 milhões de mulheres no Brasil sofrem violência pelo parceiro íntimo ou ex parceiro, sendo a violência psicológica em primeiro lugar, representando 32,6% de todas as violências sofridas.

Leila Linhares Barsted representou a CEPIA nesse evento, que pode ser acessa do neste link.