O grupo de trabalho encarregado da revisão do Plano Municipal de Enfrentamento das Violências Sexuais contra Crianças e Adolescentes do Rio de Janeiro realizou sua reunião mensal, em 28 de outubro. Além de seus integrantes, esse encontro contou com a participação de Lídia Rodrigues, educadora social e ativista no enfrentamento a violência sexual contra crianças e adolescentes, que trouxe reflexões sobre a influencia do patriarcado em valores e referenciais de adolescentes e jovens e como isso impacta negativamente nos altos índices de violência sexual perpetrado contra crianças e adolescentes.  Lídia reforçou também a necessidade de debater o tema da sexualidade em espaços de ensino e em outros espaços como ferramenta essencial para informação e prevenção desse tipo de violência. Estiveram presentes no encontro representantes de diversas instituições governamentais e da sociedade civil. Andrea Romani (CEPIA) participou da mediação  juntamente com América Ungaretti do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente do Rio de Janeiro.