No dia 13 de novembro foi realizado o encontro formativo Saúde Sexual e Reprodutiva com profissionais de educação do município do Rio de Janeiro, no âmbito do projeto Educação para a Cidadania, realizado pela Cepia.

O encontro ocorreu na Escola de Formação Paulo Freire e foi facilitado por Ruth Mesquita. Ruth destacou para o grupo que a percepção de saúde é temporal, histórica, classista, cultural e subjetiva. Apresentou também dados sobre a saúde reprodutiva das mulheres, destacando a relação entre maior escolaridade e menor vulnerabilidades.

“chance 3 vezes maior de uma criança morrer antes de chegar aos 5 anos de idade pelo fato de sua mãe ter 4 anos de estudo e não 8”.

Alguns dos materiais produzidos pela Cepia, voltados para a ampliação do conhecimento de adolescentes e jovens sobre seus direitos e sua saúde foram apresentados por Andrea Romani.  Dentre os materiais estão o app Partiu Papo Reto, a pesquisa O que os jovens do Rio de Janeiro pensam sobre os serviços de saúde e o video sobre prevenção de gravidez na adolescência.